1

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

o que é satanismo

Satanismo é fundamentalmente um modo de vida - uma filosofia prática de vida.
A essência deste modo é a crença que nós podemos tudo, como indivíduos, alcançamos muito mais com nossas vidas do que nós percebemos.
A maioria das pessoas desperdiça as oportunidades que a vida pode, por magicka, trazer.
Magicka satânica é simplesmente o uso de forças magickas ou energias para acrescentar a vida de um indivíduo ou indivíduos de acordo com seus desejos.
Este uso pode ser de dois tipos - o primeiro é 'externo' e o segundo é 'interno'.
Magicka externa é essencialmente feitiçaria: mudança de eventos externos, circunstâncias ou indivíduos de acordo com os desejos do feiticeiro.
Magicka interna é a mudança da consciência do individuo mágico usando certas técnicas magickas – esta é essencialmente a indagação
do Iniciado para os graus mais altos de aquisição magicka, seguindo o caminho para Adeptidade.
Para magicka externa concernem rituais cerimoniais e herméticos. Para magicka interna concerne o sinistro caminho septenario.
Rituais cerimoniais são rituais envolvendo mais que dois indivíduos, o ritual tem lugar em um Templo ou em uma área ao ar livre consagrada como um Templo.
Rituais cerimoniais envolvem um conjunto de textos que são seguidos pelos participantes, e vestindo vestes cerimoniais junto com o
uso de certos artigos que têm significado magicko ou Oculto.
Rituais herméticos são usualmente empreendidos por um individuo trabalhando sozinho ou com um assistente/companheiro.

Este presente trabalho trata de magicka cerimonial Satânica: hermética e magicka interna Satânica são tratadas no livro ‘NAOS – Um Guia Pratico para Sinistra
Magicka Hermética’.
Satanismo, de inicio, é tudo sobre fazermos consciente (ou liberando) nossa escura ou sombria natureza, e para este fim, Magicka Satânica é empreendida.
Satanistas acreditam que nós já somos deuses: mas a maioria das pessoas falha em entender isto e continua rastejando: por outros ou um 'deus'.
O Satanista é orgulhoso, forte e desafiante e detesta a religião do deus crucificado fundada pelo Nazareno, Yeshua.
Um Nazareno (um seguidor de Yeshua) tem medo de morrer e pondera sob a culpa e inveja.
A religião de Yeshua tem invertido todos os valores naturais, colocando para trás o curso de nossa evolução consciente.
Satanismo, ao contrario, é uma expressão natural do evolucionário ou ‘Prometheano’ incitado dentro de nós: e sua magicka é um meio para nos fazer
deuses sobre a Terra, para realizar o potencial que fica dentro de todos nós.
Cerimônias satânicas são um meio para desfrutar os prazeres da vida: elas oferecem carnalidade, o prazer de cumprir os desejos, trazendo recompensas materiais e pessoais e
as alegrias das trevas.

Mas eles são somente o inicio, um estagio para uma coisa maior.
É um dos propósitos de um Templo Satânico guiar esses Iniciados que podem se
interessar ao longo do difícil e perigoso caminho que é o caminho septenário.
Aqueles que não desejam seguir este caminho para Adeptidade e além deveriam simplesmente
desfrutar os muitos prazeres que o Príncipe das Trevas oferece para aqueles que por uma
Iniciação Satânica desejam seguir Sua filosofia de vida.
No Satanismo tradicional há uma apreciação do papel das mulheres, pois o Satanismo
em seu nível mais alto se preocupa com o desenvolvimento do indivíduo: papéis como
tal é uma parte necessária de auto-desenvolvimento. Ser jogados, descartados e então
transcendidos. A estrutura dos Templos tradicionais e os rituais executados por esses
membros daquele Templo refletem esta apreciação e entendimento. Por exemplo, é
possível e realmente desejável para uma Senhora da Terra estabelecer e organizar seu
próprio Templo ao menos que ela deseje outra coisa, exatamente como é possível e
desejável celebrar a Missa Negra usando um sacerdote, nu, sobre o altar enquanto a
Sacerdotisa administra o serviço, tal reversão é um princípio aceito na Magicka Negra.


Alguns tipos de Satanismo


Luciferanismo

O Luciferanismo pode ser considerado uma derivação da filosofia empregada no Satanismo. Seus seguidores não cultuam Lúcifer (Lúcifer é visto como um Anjo, e não como a personificação do mal no cristianismo), mas o vêem como uma referência para alcançar a Iluminação Espiritual. Sendo que a origem de seu nome significa Portador da Luz.


Satanismo Gótico

Neste caso, o termo Gótico é sinônimo de Medieval. Esta variação faz parte apenas das lendas criadas na Idade Média pela Igreja Católica para atemorizar os cristãos e servir de acusação nos processos inquisitórios. O caso das Bruxas de Salém em 1692, é um exemplo. Nesta variação lendária do Satanismo, seus adeptos sacrificavam crianças e animais em rituais de magia destrutiva.


Dabblers Satânicos

Está principalmente associada aos modismos adolescentes. Seus adeptos ensaiam rituais esporádicos de magia utilizando-se do sacrifício de pequenos animais. É essencialmente uma forma de anticristianismo, onde os Dabblers (aficionados) adoram o demônio conhecido no cristianismo e se camuflam sob uma condição que julgam satânica. Igualmente chamado de Devil Worshippers (Adoradores do Demônio), também está associado a delinqüentes que alegam cometer os crimes motivados por Satã.


Satanismo Religioso

É a forma mais difundida de Satanismo. Possui dogmas e a bíblia satânica. Também abriga aspectos místicos e cerimoniais, como batizado e casamento, que o caracterizam como uma religião. Porém, não há uma divindade cultuada nem conceitos sobre céu e inferno, bem e mal ou deus e diabo. A Church of Satan e o Temple of Set são exemplos do satanismo religioso.



DOCUMENTÁRIO A BAIXO



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...